O que é Artrose, Osteoartrite ou Osteoartrose no Joelho e como Tratar?

O que é?

A artrose, também conhecida como osteoartrite e osteartrose, é uma condição que afeta as articulações do joelho. Assim, esse é um problema degenerativo, que atinge a cartilagem e assim modifica a estrutura óssea da pessoa.

Além disso, na medida em que a pessoa sofre com essa condição, começa a sofrer com uma série de sintomas que afetam a região dos joelhos.

Sintomas da artrose, osteoartrite ou osteoartrose

A pessoa que sofre com esse problema no joelho, causando inflamações, degeneração da área e frouxidão. Assim sendo, os principais sintomas que aparecem localmente são:

  • Quadro de dor no joelho, que alivia quando a pessoa está parada;
  • Estalos na região na medida em que a pessoa se movimenta;
  • Limitação de movimentos, como quando se estica o joelho;
  • Dificuldade de manter a perna apoiada no chão devido a dor;
  • Por fim, inchaço no joelho, que pode vir acompanhada de calor e sensação de aumento do local.

Essas condições muito a vida das pessoas que sofrem com a artrose nos joelhos. Mas a boa notícia é que há formas de tratar esse problema e atenuar os seus sintomas.

Tratamentos para artrose

Para as pessoas que sofrem com essas condições, alguns tratamentos apresentam resultados satisfatórios contra artrose, osteoartrite e osteoartrose. Assim sendo, veja os principais

Uso de medicamentos

Dependendo do estágio da artrose, o melhor é usar anti-inflamatórios para controlar os sintomas e restabelecer os movimentos do joelho.

Fisioterapia

Se possível você deve fazer esse tratamento todos os dias, principalmente para quem tem mais dor. Assim os resultados de controle e movimentação dos joelhos serão positivos.

Injeção de ácido hialurônico

Em muitos casos, essa substância é usada para preencher os buracos deixados na cartilagem pela artrose. Tudo depende de como é o quadro do paciente.

Cirurgia

Por fim, em alguns casos, a pessoa precisa realizar um processo cirúrgico para colocar uma prótese parcial ou total, retirando a cartilagem danificada.

Uso de braces para joelho

Dependendo do estágio de identificação e tratamento da artrose, osteoartrite ou osteoartrose do joelho, o uso de braces é uma ótima opção. Este aparelho traz uma série de vantagens para quem tem problemas na região, como por exemplo:

  • Imobilização parcial ou total da área afetada, o que acelera o processo de cura;
  • Redução de edemas e problemas em geral, sobretudo no pós-operatório;
  • Incremento do nível de proteção nos joelhos, o que ajuda a restabelece-los;
  • Melhora na circulação sanguínea, na sustentação e no alinhamento da área.

Algo importante com relação a esse tipo de aparelho é que existem vários modelos de brace para joelho. Assim sendo, seu uso é de grande ajuda no tratamento da artrose no local e traz vários benefícios para acelerar o processo de cura.

Joelho varo e joelho valgo

A artrose, osteoatrite ou osteoartrose também pode ter relação com uma mudança no alinhamento do joelho. Dentro deste contexto, tanto o joelho varo quanto o valgo se caracteriza por uma mudança na articulação da região. Além disso, cada um tem características diferentes.

Joelho varo

Também conhecido como joelho arqueado, essa condição se caracteriza por arquear as pernas e afastar os joelhos mais do que o normal. Assim sendo, esse problema se manifesta ainda nos primeiros meses de vida da criança e pode ser corrigido naturalmente ou com intervenção médica.

Joelho valgo

Esse tipo de distúrbio é menos comum do que o joelho varo e tem efeito contrário com relação a ele. A condição faz com que os joelhos apontem para dentro e também aparece na infância. Mas caso a criança não melhore naturalmente até os 10 anos, é preciso intervenção cirúrgica.

Níveis de artrose, osteoartrite ou osteoartrose

Essa condição pode se apresentar em diferentes níveis na região do joelho. Mas de forma geral, essa doença se manifesta de seis formas diferentes.

Nível de doença mínima

Neste nível a danificação da cartilagem provocada pela artrose é menor, com sintomas leves e um quadro lento de evolução. Assim, nesse caso um tratamento mais leve traz excelentes resultados.

Sensibilização central da dor

Aqui a dor é maior do que o quadro de lesão sugere. Assim, um de seus principais sintomas é a presença de dores em várias outras áreas do corpo, provocadas por alterações neuroquímicas.

Artrose do tipo inflamatório

O revestimento da articulação se torna mais inchado nesse caso. Aqui o inchaço nos joelhos é maior do que nos outros níveis, de forma que o uso de anti-inflamatórios é o melhor.

Artrose provocada por sobrecarga mecânica

Seja por excesso de peso, ou alguma condição que afeta o alinhamento dos joelhos, esse nível de artrose pode surgir. Além do emagrecimento, a fisioterapia preventiva é recomendada.

Nível de síndrome metabólica

Este quadro de artrose pode se caracterizar por outro tipo de doença que de alguma forma se associa a ela, como diabetes e hipertensão. Para trata-la o melhor é controlar a doença.

Nível metabólico local osteocondral

Por fim, esse tipo de artrose afeta tanto a cartilagem articular quanto o osso subcondral recoberto por ela. Esse caso pode ser tratado com fisioterapia, medicamento ou mesmo cirurgia.

É muito importante que cada um desses problemas seja devidamente identificado e tratado. Além disso, o uso de equipamentos como brace para joelho faz toda a diferença e ajuda no processo de cura.

Considerações finais sobre artrose

Embora essa condição apareça em diferentes partes do corpo, quando a artrose, osteoartrite ou osteoartrose afeta os joelhos suas complicações são mais significativas. Na medida em que a doença compromete a movimentação da pessoa, trazendo inchaço e dores, entre outros sintomas, é preciso contar com medidas médicas para cura-la.

Além disto, algumas medidas preventivas também fazem uma grande diferença para controlar a doença, como por exemplo:

  • Dieta saudável e equilibrada para manter-se com um peso ideal;
  • Exercícios físicos e fortalecimento dos músculos da região do joelho;
  • Além disso, fisioterapia preventiva e proteção do local durante a prática de atividades físicas.

Por fim, na medida em que você seguir essas orientações será mais fácil manter os seus joelhos fortes e saudáveis. Por isto leve essas informações em consideração e cuide adequadamente da região para evitar problemas e desgastes no futuro.