Faixa Elástica para exercícios: como usar?

A faixa elástica para exercícios é um equipamento útil e eficiente. Graças a este acessório você pode aumentar a sua força muscular com o maior nível de resistência que ele traz para cada movimento feito. Assim, esse é um poderoso aliado para seus treinos.

Dessa forma, saiba a seguir como funciona os diferentes tipos de faixa elástica para agregar em seus treinos. Veja também de que forma usar esse acessório da forma correta, além dos melhores exercícios para adotá-lo.

Melhores exercícios com faixa elástica

Em primeiro lugar, leve em consideração que existem certos tipos de faixa elástica para exercitar diferentes partes do corpo. Assim sendo, o mais importante é separar os exercícios de acordo com a região que você quer treinar.

Exercícios para as pernas

Para fortalecer a parte inferior do corpo, incluindo pernas e glúteos, a faixa elástica pode ajudar bastante. Para isto os principais treinos incluem:

  • Agachamento com elevação lateral de pernas. Aqui, você deve caminhar com a faixa na região das coxas. Faça de 15 a 20 repetições;
  • Prancha lateral com elevação de pernas. Apoie um lado de seu corpo lateralmente com a faixa nas duas pernas, elevando a que não está no lado apoiado. Depois de 15 a 20 repetições inverta o lado;
  • Flexão e extensão do quadril unilateral. Para estes dois exercícios você deve estar de pé com a faixa nos tornozelos. No primeiro, fique de frente e eleve 15 vezes cada pé. No segundo vire de costas e eleve 15 vezes para trás cada pé.

Exercícios para os braços

Depois de dar a devida atenção para a parte inferior do seu corpo, hora de ir para os membros superiores. Para a região dos braços, peito e costas os melhores exercícios são:

  • Extensão de tríceps. Inicie com os dois braços ao lado do peito, em posição de W. Agarre a faixa elástica com uma das mãos mantendo o braço na mesma posição e com o outro pegue a ponta do acessório e eleve acima da cabeça. Faça 15 repetições por lado;
  • Supino reto em pé. Passe a faixa por trás de suas costas e agarre cada uma das pontas com uma mão. Em seguida leve os braços para frente em movimento de supino, fazendo até 20 repetições;
  • Treinos de peito e braços. Você pode exercitar seus bíceps com a faixa em uma perna e erguendo-a como se fosse um peso. Para o peito, segure o acessório na sua frente com as duas mãos. Em seguida abra os braços esticando-o. Faça 15 repetições de cada.

Como usar a faixa elástica

Seja qual for o exercício que você realizar, é preciso ter alguns cuidados na hora de utilizar a sua faixa. Para fazer isso, preste atenção nestas dicas e considerações:

  • Sempre que for fazer o seu treino com as faixas, coloque talco nas mãos. Isto vai evitar que ela escorregue e possa provocar acidentes, além de aumentar sua conservação;
  • A forma certa de usar a faixa elástica é segurando-a entre seu polegar e indicador, ou envolvendo o acessório na palma da mão;
  • Evite usar o equipamento com anéis, unhas mais compridas e pulseiras. Tudo isto pode prejudicar o nível dos treinos e estragar a faixa.

O que não fazer com a faixa

Além de seguir essas dicas e cuidados, você também precisa ter em mente que existem algumas recomendações de coisas que não devem ser feitas com esse acessório, como por exemplo:

  • Esticá-la para além de seus limites, principalmente as faixas mais suaves;
  • Evitar de lavar e higienizar seu acessório de forma periódica;
  • Não observar sinais que podem indicar o final da vida útil da faixa, como buracos e rasgos;
  • Por fim, começar com treinos pesados sem preparo prévio, forçando seu corpo além dos limites.

Como cuidar e guardar o acessório

Na medida em que você toma certos cuidados, é possível aumentar significativamente o seu tempo de vida útil. Assim sendo, a melhor forma de fazer isto é preservando sua faixa, além de guardá-la no local certo. Por isto preste atenção no seguinte:

  • Depois de usar a faixa, aplique um pouco de talco nela;
  • Guarde o acessório em um local que a proteja da luz e do calor;
  • Uma vez por mês, lave-a com água e sabão neutro. Depois enxugue a faixa com papel-toalha.

Seguindo essas dicas você garante uma vida útil muito maior para esse equipamento. Assim suas propriedades naturais e função de aumentar a resistência muscular se manterão por mais tempo.

Theraband: a faixa elástica mais conhecida

Entre os diversos tipos e modelos de faixa que existem no mercado, a Theraband é a mais conhecida. Este é um produto com diversas características interessantes, incluindo durabilidade e relação custo-benefício. Mas é claro que, além dele, existem outras marcas de qualidade que trazem os resultados de uso que você precisa.

Intensidade e cores das faixas

O nível de resistência das faixas é separado por cores. As mais suaves são amarelas e laranjas, as de intensidade média azuis e roxas e as mais resistentes cinzas e douradas. O ideal é que você utilize cada uma delas da seguinte forma:

  • Para fisioterapia e reabilitação de lesões, as faixas ideais são as mais suaves;
  • Para trabalhos de força e potência, use acessórios médios e mais resistentes.

Acessórios para complementar seu treino

Na medida em que você conta com a faixa elástica para seus exercícios, certos produtos e acessórios podem fazer uma grande diferença e acelerar os resultados que você está buscando. Entre eles se destacam, por exemplo:

  • Puxadores e alças para mais facilidade na realização dos movimentos;
  • Polias para conseguir realizar os seus exercícios em locais como portas;
  • Tubos elásticos que complementam a função das faixas em alguns treinos;
  • Faixas circulares e horizontais para atividades físicas diversas.

Contar com esses equipamentos trará resultados ainda mais significativos para seus exercícios. Por isto leve em consideração essas dicas e veja como usar a faixa elástica de forma correta em seu dia a dia. Por fim, não deixe de tomar os devidos cuidados para garantir um tempo de vida útil maior para seu produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *